Notícias
by Marcia Oliveira on 21 de setembro de 2020

Alavancagem financeira: Entenda o que é e como funciona

O conceito de alavancagem financeira é muito mais caracterizado como um conceito financeiro do que contabil, não é atoa que seu nome é “alavancagem financeira”. Porém isso não coloca-o em uma posição de irrelevancia, ao contrário, ao passo que deveria ser estudado e compreendido pelos profissionais que atuam em ambas as áreas, ao mesmo de uma forma mais objetiva. Existe um ditado popular que diz “ Me dê uma alavanca e eu serei capaz de mover o mundo”. O conceito de alavancagem tem tudo haver com esta sentença. A alavanca em um contexto geral, dá para uma pessoa muito mais força do que ela tem, então podemos dizer que a alavanca está diretamente ligada a super potencializar, dar força a um determinado recurso, mesmo que pequeno.

Para que você compreenda o que é alavancagem financeira, nós elaboramos uma série de explicações e definições completas.

Definição de alavancagem financeira

A alavancagem financeira é um conceito muito parecido com a frase que citamos de exemplo acima, porém, ao invés de ser um conceito de física, é um conceito financeiro. Para entender melhor como a alavancagem financeira funciona, vamos para um exemplo  de alavancagem financeira ilustrativo abaixo:

Exemplo com tipo de alavancagem financeira

Pedro quer montar uma fábrica de tecidos , porém as máquinas que utilizadas na produção de tecido são muito caras, portanto ele não possui o capital todo que necessita para abrir a fábrica. Note que Pedro tem todo o projeto pronto, o que lhe falta é a força financeira necessária para concretizá-lo. De acordo com tais circunstâncias, o que Pedro deve fazer? A melhor saída para que Pedro consiga concretizar seu projeto é através de uma alavancagem financeira. a alavancagem financeira, como já informa o próprio termo, irá dá para Pedro a força financeira que ele precisa, isto é, o capital necessário para tornar seu projeto real. Mas quais são os tipos de alavancagem financeira que podem ser utilizados por Pedro?

Alavancagem financeira: Entenda o que é e como funciona

Pedro pode, por exemplo, procurar o BNDS, que é o Banco Nacional do Desenvolvimento do Brasil, apresentar o seu projeto muito bem explicado e argumentado, provando que ele é uma idéia sólida e viável, e então, solicitar dinheiro emprestado do banco. Podemos concluir então, que recursos de terceiros são também uma forma de alavancagem financeira. Algumas pessoas que são leigas no assunto, pensam que uma empresa solicita um empréstimo de capital, somente quando está falindo, ou em uma situação financeira prejudicada. Não é o caso, uma das razões que fazem com que as empresas solicitem empréstimos é a promoção do desenvolvimento e expansão de uma companhia.

Alavancagem financeira e operacional

Quando o tema é aumentar os lucros através da potencialização do capital, estamos falando de alavancagem financeira e alavancagem operacional. Mas você já sabe o que é uma alavancagem operacional? A alavancagem operacional nada mais é do que quando as companhias procuram recursos financeiros externos, ou seja, de terceiros, com o objetivo de ampliar sua produção, sem que os gastos fixos sejam necessariamente aumentados também. Sempre que a produção de uma companhia tem que ser aumentada para que possa cobrir os custos fixos, podemos chamar esse processo de alavancagem operacional.

Então podemos dizer a razão da alavancagem financeira pode ser para investir na ampliação de uma empresa. Pode também servir para concretizar um projeto de negócio que precisa de capital de terceiros para se tornar real, ou até mesmo para que uma empresa possa investir em desenvolvimento. Quando uma empresa precisa pegar capital para ampliar sua produção porque precisa cobrir os gastos, esse processo pode ser chamado de alavancagem operacional, pois ocorre para que o funcionamento operacional da empresa se amplie, para que todos os custos possam ser cobertos.

A alavancagem no mercado Forex

Atualmente, um dos tipos de alavancagem mais conhecidas é a alavancagem Forex. A possibilidade de abrir e controlar grandes posições com poucos recursos é muito necessária. O conceito de alavancagem financeira é um conceito básico no campo de negociação, no entanto, é obscuro para a maioria dos negociantes. Portanto, podemos  concluir, por exemplo, que a troca de moeda não existiria sem esse instrumento. O efeito da alavancagem do Forex é único pois permite uma vantagem valiosa que não tem contrapartida em outras bolsas ou mercados financeiros.

Graças a isso, enquanto transações marginais são realizadas, o investidor não é obrigatório investir todo o valor da transação. Mas precisamos deixar claro algumas ressalvas. Uma vez que o mercado Forex torna possível usar uma negociação alavancada, está ainda é acusada de ser muito arriscada. Quanto maior for o valor pego emprestado da corretora, maiores serão os riscos e isto não podemos negar. Esse recurso faz do Forex um mercado com um forte efeito de alavancagem por definição, tornando-o ao mesmo tempo muito arriscado.

Precisamente por causa do efeito de alavancagem, é possível manter posições maiores do que o valor real investido. Basta pensar no fato de que algumas plataformas de negociação chegam a oferecer aos seus clientes números iguais a 400 vezes o investimento inicial. A alavancagem é realmente uma ferramenta perigosa apenas para aqueles que não sabem como usá-la ou para aqueles que a exploram de maneira imprudente. O grau de alavancagem financeira deve ser sempre no limite em que o investidor pode administrar. E dentro no mercado Forex em específico, quanto maior for a alavancagem, mais riscos o negociante corre.

As principais fórmulas para calcular o grau de alavancagem

Existem muitas maneiras e fórmulas para o cálculo de uma alavancagem financeira. Porém em todos os cálculos, devemos considerar o Lucro antes dos juros e imposto de renda (LAJIR ou EBIT) e o Lucro antes do imposto de renda (LAIR ou EBITDA), pois são bases essenciais. As duas fórmulas mais conhecida são as seguintes:

GAF = LAJIR ÷ LAIR e GAF = RPL/RAT

Onde:

RPL= Retorno sobre o Patrimônio Líquido = Lucro líquido ÷ Patrimônio Líquido e RAT= Retorno sobre o Ativo Total = Lucro depois do Imposto de Renda e antes dos juros ÷ Ativo Total.

By Marcia Oliveira

More content by Marcia Oliveira

Comments (0 comment(s))