Dogecoin: De “piada” a criptomoeda consolidada no mercado

O que é Dogecoin? A Dogecoin sem sombra de dúvidas, pode ser considerada uma das criptomoedas com trajetória mais interessante no mercado. Imagine só uma moeda digital que a princípio foi desenvolvida com o único objetivo de fazer uma sátira a outra criptomoeda, a Bitcoin. Foi exatamente isto o que ocorreu, já que no início a Dogecoin foi projetada como uma espécie de paródia ou brincadeira com a comunidade da pioneira Bitcoin, considerada “mãe” das criptomoedas, e que cuja comunidade online era considerada “séria demais”. Mas para entender melhor essa história, vamos contar a seguir mais detalhes sobre sua origem.

Origem da criptomoeda Dogecoin

A maioria de nós sabemos que a Bitcoin revolucionou o universo dos pagamentos onlines em todo o mundo, e mais do que isso trouxe um certo choque aos mercados financeiros, que aos poucos viram esse moderno ativo sendo integrado as negociações. E o mais interessante é que a Dogecoin criptomoeda não foi criada intencionalmente para se tornar “séria” no mercado. Na verdade era foi projetada como quase uma espécie de “crítica” ou paródia” em relação a postura a comunidade online da Bitcoin, que ficou conhecida em seu início por ter um padrão bem sério, algo que ia contra a filosofia primária que incentivou d e uma certa forma a criação do dinheiro digital.

Isso tudo porque as criptomoedas foram criadas para serem além de um dinheiro digital, terem também uma certa “vibe” mais descontraída, distante, por exemplo, do contexto de uma bolsa de valores ou outros mercados Dogecoin: De “piada” a criptomoeda consolidada no mercadofinanceiros mais tradicionais. Obviamente os criadores da Dogecoin Billy Markus e Jackson Palmer, buscavam muito mais do que diversão, já que se dedicaram arduamente construir uma moeda eletrônica peer-to-peer descentralizada para pagamentos online. Então mesmo que exista uma filosofia divertida ou descontraída por trás da criação da moeda, ainda sim esta é completamente levada a sério, afinal de contas, com dinheiro ninguém brinca.

A Dogecoin explicada foi lançada no mercado em seis de dezembro de 2013. O símbolo escolhido para representar a  moeda fortalece o espírito descontraído da equipe de desenvolvedores, o Shiba Inu é um cãozinho de origem Japonesa, conhecido por ser super simpático e carismático, estampa o logo da moeda digital. Vale ressaltar que o simbola já é utilizado inclusive como memes pela internet, o que só contribuiu para o crescimento da popularidade do ativo.

Principais características da Dogecoin

Os desenvolvedores da criptomoeda DOGE utilizaram a Litecoin como base. O número de usuários que possuem uma carteira Dogecoin ainda fica muito em torno da comunidade do ativo. Vale destacar que a moeda, ao contrário de outras, não foi criada com o intuito de ter alto valor no mercado, tampouco de estar entre as mais modernas e inovadoras. Seguindo bem a filosofia que norteia a moeda desde a sua origem, seus criadores preferiram focar em uma criptomoeda que fosse acessível, prática  e com um conceito mais divertido, sem que suas operações comerciais fossem caras, ao contrário, disponibilizando um serviços mais em conta e ágil.

Muitos investidores acreditam que o segredo da moeda ter alcançado o sucesso inesperado está no fato da mesma ter optado pela simplicidade e praticidade, aliando rapidez e preço baixo em suas transações. O fato é que a criptomoeda é muito mais considerada como um ativo usado em sua comunidade própria, do que um investimento mais abrangente como ocorre com outras criptomoedas, como exemplo a Bitcoin. Uma das vantagens mais destacáveis da criptomoeda DOGE é o seu rápido processamento, isto é, o tempo de bloqueio é de cerca de dois minutos e meio até o processamento da transação.

Essa agilidade certamente facilita a vida de seus usuários e coloca-a em um patamar de moeda prática para o uso.

O valor da Dogecoin

Quanto vale uma Dogecoin? Logicamente o seu valor vai depender da cotação real do dia, e este valor varia. Em abril do ano passado (2019), o preço da DOGE sofreu um aumento significativo, em cerca de vinte por cento. Curiosamente foi na data de primeiro de abril, dia da mentira em alguns países, fato que só promoveu  a fama de divertida da moeda digital e elevou ainda mais sua popularidade. No entanto, as previsões quanto ao futuro do ativo são sem muitas expectativas, já que especula-se que a moeda continuará com seu valor baixo, ou, em caso de ganho de valor, terá um crescimento gradual, e não veloz, como ocorre com algumas criptomoedas. Ainda sim, para muitos esta moeda digital é considerada uma opção positiva, por ter se mostrado bastante estável nos últimos anos.

Como o preço da Dogecoin é barato, muitos interessados têm optado pelo ativo digital, para fins de realização de pagamentos online. Devemos destacar também a comunidade da criptomoeda que sempre demonstrou ser bastante vibrante e atuante no mercado.  A moeda se tornou referência para a junção de “piada” com “coisa séria”. Já que consegue manter seu espírito divertido, descontraído com transações comerciais sérias.

A saída do fundador da Dogecoin e a falta de atualização da moeda

Em 2015, uma declaração de um dos fundadores da moeda digital, Jackson Palmer surpreendeu a todos e preocupou a comunidade da DOGE, Palmer alega pretender sair da entidade responsável pela moeda. Essa declaração veio principalmente em razão de Palmer ser contra a busca liberal desenfreada por lucros. Segundo o mesmo, a criação da moeda surgiu com o intuito de ser uma opção a mais que fugia da caça tradicional pela produção de grande quantidade de lucro a todo o custo. Vale lembrar que desde o início Palmer foi contra a comercialização da moeda, bem como a utilização de propagandas sem sentido, sem a melhoria dos serviços, com o único intuito de lucrar e fazer o valor da moeda subir, sem maiores propósitos.

Uma realidade triste é que a criptomoeda Dogecoin não lança nenhuma atualização vão fazer 5 anos, desde 2015. O próprio fundador do ativo chama atenção para este tema, e ressalta o fato de que, embora os trabalhos em torno da mesma continuem, os desenvolvedores são profissionais que trabalham de forma totalmente voluntária e parcial, ou seja, a moeda não conta com nenhum esforço maior para evoluir. Muitos especialistas afirmam que a Dogecoin deve ser vista muito mais como uma forma de pagamento do que como um investimento em si.