Como escolher a melhor corretora para negociação de futuros

Os contratos de futuros estão sendo cada vez mais utilizados em todo o mundo. Trata-se de um tipo de contrato padronizado entre duas parte que se comprometem a trocar um determinado ativo financeiro com uma data específica para expirar a um preço determinado ou, no caso de índices que pagam uma quantia em dinheiro igual à diferença entre o valor que o índice assume no dia da estipulação e o valor que assume no dia do fechamento.  Este tipo de contrato pode ser muito útil para os negociantes que desejam ter mais segurança já que neste tipo de contrato a parte que compra deve pagar uma margem de garantia. No entanto, como escolher o melhor broker de futuros?

Como saber em quais corretoras podemos confiar, frente a enorme quantidade de opções disponíveis no mercado? A seguir, elaboramos uma explicação completa em relação às principais características que uma broker (corretora) de futuros deve ter para ser considerada adequada e honesta.

Como escolher a melhor corretora para negociação de futuros

O que é contrato de futuros

O futuro é um contrato derivado de negociação em uma base regulamentada pela qual o comprador e vendedor, se implicam uma certa quantia de uma certa quantia de ativo financeiro, reagiriam a um preço predeterminado e com um regulamento diferente em uma data futura específica. Trata-se de um contrato padrão com o qual parte do contrato também cobrirá uma certa quantia em dinheiro por um preço predeterminado e com um contrato diferente nos mercados financeiros.

Se o ativo subjacente for uma mercadoria, os futuros serão definidos como futuros de mercadorias, enquanto se for um instrumento financeiro de futuros financeiros. Um broker de futuros atua como ponte entre as partes envolvidas no contrato. O tamanho do contrato define o valor que o vendedor terá que entregar ao comprador para cada contrato firmado. Os contratos futuros, embora sejam um instrumento a termo, diferem do contrato a termo, pois são negociados em mercados regulamentados.

O funcionamento do contrato de futuro

No futuro, inicialmente, com a cobertura de uma posição os bancos de grande porte utilizam  esse tipo de contrato como uma ferramenta para obter bons negócios, usando uma mercadoria com qualquer dinheiro. No entanto, os contratos futuros não são celebrados somente entre bancos, mas também entre traders. No exemplo de uma empresa que vende petróleo que comprou um determinado número de barris de petróleo. Para se proteger contra a queda nos preços, a empresa pode vender contratos futuros para os bens em questão, que neste caso é o petróleo, com o objetivo de se proteger contra qualquer queda no preço do petróleo bruto.

Outra utilidade do contrato de futuros é o uso especulativo, afinal de contas sempre funciona financeiramente, além de ser altamente líquido e devidamente regulamentado. Por essa razão, não é qualquer corretora que pode operar futuros.

A corretora e o contrato de futuros

A corretora de futuros é uma intermediária, pois criar as “pontes” para que as negociações sejam realizadas. Entre as principais elementos de um contrato de futuro que

a corretora deve assegurar estão: Negociabilidade permutabilidade, padronizado, garantido pelo Fundo de compensação, efeito de alavancagem. Existem, por consequência uma série de pontos que devemos analisar antes de contratar os serviços de uma corretora de futuros. Os futuros podem ser divididos em duas macro-categorias distintas, de acordo com ou ativo como referência. Além do mais, cada ativo tem características próprias e por essa razão, podem existir pequenas variações nos contratos.

As melhores corretoras para negociação de futuros terão bastante experiência, afinal de contas, estamos falando de um tipo de mercado bem específico e que movimenta muito capital em todo o mundo. Precisamos mencionar também que as corretoras devem agir conforme a lei. Os futuros podem prever uma troca de ativos reais, como ouro, trigo, café e outros tipos de commodities. Neste contexto são chamados de futuros de commodities ou podem prever a troca de ativos financeiros, assumindo, neste caso, o nome de futuros financeiros. O próprio termo “futuros” sugere o futuro e, portanto, uma aposta no futuro.  Trata-se de uma negociação com contrato firmado previamente que será cumprida somente no futuro.

Em outras palavras, celebrar um contrato de futuros significa comprometer-se a comprar o instrumento(financeiro sujeito ao contrato sob certas condições. Existem dois tipos de investidores que costumam recorrer a este tipo de negociação, os que priorizam a segurança de seus investimentos e aqueles que buscam para fins de especulação. Devido às suas características, os futuros foram utilizados para reduzir o risco causado pela incerteza nos preços dos ativos cobertos pelo contrato. Por se tratar de um contrato que deixar todas as informações previamente acordadas, já no momento da assinatura do contrato, as partes têm a possibilidade de prever o futuro definindo as condições do prazo.

As principais características que um broker de futuros precisa possuir

Logicamente, as melhores corretoras on-line para negociação de futuros não possuirão somente este tipo de negociação. Em um mercado financeiro global cada vez mais complexo e diversificado, muitos investidores opção por operar em mais de uma vertente deste universo. Em razão disto, uma das principais características que um broker de futuros deve possuir é a disponibilidade de outros tipos de negociação, como veremos a seguir.

Diversificação de serviços

O mercado de futuros é um dos mais antigos em todo o mundo. No Brasil os primeiros contratos foram firmados em 1910, conhecido como BM&F, a Bolsa de Mercadorias e Futuros. No entanto, com o crescimento do mercado financeiro, foram surgindo novas modalidades de mercados,  e com isso o mercado de futuros também foi atravessando mudanças por uma necessidade de adaptação e renovação. Hoje, o futuro dificilmente termina com a entrega real do ativo subjacente ao contrato, como já aconteceu no século passado. Além do mais, o contrato de futuros passou  a ter um outro fim, o de especulação.

De fato, a maioria dos contratos que surgiram apenas por razões puramente especulativas é concluída através de uma operação chamada compensação, isto é, simplesmente mediante a celebração de um contrato de sinal oposto. Uma corretora que oferece negociação de futuros deve conhecer bem o mercado e ter uma diversificação ampla de serviços, com o intuito de atender apropriadamente as necessidades do cliente. Deve disponibilizar também outros tipos de negociação, em caso do cliente ter interesse não somente em contratos de futuros, afina uma carteira de investimentos diversificada pode minimizar riscos.

Diversificação de ativos financeiros

Outros ponto importante a ser analisado é a quantidade de ativos que uma corretora tem disponível para seus clientes. É cada vez mais comum que os investidores apostem em mais de um tipo de commodity ou moeda estrangeiras. Por essa razão é de extrema importância que a corretora de futuros tenha uma gama interessante de moedas, sejam elas tradicionais ou exóticas, bem como outras sortes de ativos financeiros. É interessante buscar por uma corretora que ofereça uma variedade de contratos de futuros.

Os tipos de contratos de futuros mais populares que uma corretora deve operar

Existem várias categorias de contrato de futuros:

  • Futuros de moeda ou as chamadas corretoras de negociação de futuros de Forex: As moedas podem ser trocadas entre ativos de futuros. Aliás, o mercado de moedas é o que mais movimenta capital em todo o mundo, são cerca de 5 trilhões de dólares movimentados. Este tipo de contrato são principalmente de instalação, e tem como principal objetivo proteger compradores e vendedores de futuras oscilações nos preços da moeda.  O mercado Forex é extremamente volátil. As flutuações do preço da moeda podem gerar um acordo mais caro (para os compradores) ou fazer com que os vendedores de um produto percam dinheiro. Em casos de moedas exóticas a volatilidade pode ser ainda maior e razão das bruscas variações de preços que acontecem em questão de minutos. O acordo sobre o preço da moeda para a execução de um contrato no futuro garante a proteção de ambas as partes em caso de flutuação da moeda, tornando a execução dessas ofertas menos desejável.
  • Futuro da agricultura: Este  tipo de contrato pode ser considerado um dos mais antigos do mundo se não for o mais antigo de todos. Aliás, a maior parte dos  corretores de futuros devem operar este tipo de contrato. A essência da criação de futuros agrícolas é proteger compradores e vendedores de matérias-primas agrícolas de circunstâncias imprevistas. Todos nós devemos saber que os produtos agrícolas são frágeis e demandam um cuidado a mais se comparado com outros ativos financeiros. Clima, seca, excesso de produtos e outros fatores ambientais podem afetar adversamente os preços das matérias-primas agrícolas. Qualquer evento natural ou adolescente pode comprometer drasticamente a condição de um produto, podendo fazer com que o mesmo perca seu valor, afinal estamos falando de um produto perecível. Com a criação de contratos futuros, o preço pelo qual a entrega das mercadorias ocorre no futuro protege os compradores e vendedores desses produtos contra eventos desagradáveis, ou seja o contrato de futuros para produtos agrícolas dá uma certa segurança para ambas as partes na negociação.
  • Futuros de energia: Futuros sobre índices de ações de metais futuros sobre taxas de juros futuros

A alavancagem

Cada corretora vai trabalhar com vários tipos de alavancagem. No entanto é preciso ser realistas e responsável ao utilizar este tipo de recurso. As corretoras de negociação de futuros muitas vezes oferecem alavancagem enormes, com o poder de super potencializar o seu capital inicial. A alavancagem que relaciona o capital investido ao capital movimentado, sem dúvida pode ser citado como um elemento fundamental. Esse recurso, combinado à alta flexibilidade da gestão de futuros em termos de negociação, o tornou um dos instrumentos financeiros mais utilizados pelos especuladores.

Mas o que é a alavancagem? Vamos dar um exemplo simples: Você e u investidor com pouco capital, mas quer chegar impactando a negociação então você escolhe uma alavancagem oferecida pela corretora que multiplicará o seu capital em tantas vezes.

Se a alavancagem é por exemplo de 10%, significa que ao investir 1.000 dólares na verdade será movimento 10.000 dólares, e benefícios e perdas são obtidos em relação ao capital movimentado, ampliando assim o peso dos resultados em relação ao capital investido. Portanto mesmo que você invista somente mil dólares, poderá ter lucros (caso a negociação tenha sucesso) proporcionais a dez mil dólares e não somente mil dólares. E o mesmo vale em caso de perdas, isto é, caso sua negociação seja mal sucedida, seus prejuízos também serão proporcionais aos dez mil que foram gerados pela alavancagem e não somente aos mil iniciais que você possuía.

Os riscos da alavancagem

Por consequência, podemos entender que a alavancagem também implica em riscos. A dica mais óbvia que devemos enfatizar é, não utilize as alavancagens mais altas oferecidas pelas corretores de futuros, mercado futuro, caso não tenha como arcar com os prejuízos em termos de capital e também em termos psicológicos, afinal de contas, nem todos tem perfil para operar com uma carga alta de estresse.

Conheça seu perfil de investidor

A escolha da melhor corretora deverá ser pensada de acordo com o seu perfil de investidor ou trader, isto é, a corretora deve ser escolhida com o único intuito de atender todas as suas necessidades. Por exemplo, se você investir em diferentes tipos de contratos de futuros, o ideal é optar por uma corretora que possua mais variedade de contratos. Se você é um trader de futuros Forex (moedas estrangeiras) e não costuma operar somente com as moedas  mais tradicionais, o mais aconselhável é buscar por corretoras de futuros que possuam uma gama vasta de moedas, incluindo moedas exóticas e mais voláteis.

Portanto, conhecer seu perfil é essencial. Os traders mais arrojados, com maior tolerancia  a estresse irão recorrer a alavancagens maiores. Uma corretora com alavancagens pequenas não será tão interessante para este tipo de trader, já que não atenderá às suas necessidades de alavancagem. vale lembrar que os contratos ainda que padronizados, serão de acordo com o interesse das partes  características do ativo negociado. As especificações do contrato podem ser descritas como as características individuais das quais cada contrato futuro é constituído.

Atendimento ao cliente

Não importa em qual mercado financeiro você tem interesse, as melhores corretoras de câmbio para negociação de futuros deverão ter obrigatoriamente um serviço de atendimento ao cliente eficaz. Saber se a corretora tem atendimento 24 horas por dia ou não, quantas vezes na semana, é de extrema relevância. Nunca sabemos quando surgirá uma dúvida. Imagina está no meio de uma negociação é ter uma dúvida que poderá mudar o rumo da sua negociação, tentar atendimento e não ser atendido, ou, se atendido, porém por um profissional sem a qualificação necessária para sanar sua questão. É necessário checar o serviço de atendimento ao cliente para saber se o mesmo funciona de verdade.

A maioria das corretoras de renome costumam dar as informações em detalhes a respeito de seu SAC. Aliás, nos sites da corretoras normalmente é possível encontrar informações como os meios de atendimento, os idiomas disponíveis, dias e horários de funcionamento. Aliás, não podemos deixar de enfatizar sobre o idioma. Caso opte por uma corretora estrangeira, é preciso se certificar que terá condições de falar em inglês ou se  a mesma oferece a opção da língua Portuguesa. Além do mais, os meios de atendimento também são de grande importância, já que caso um canal de atendimento esteja ocupado, é possível acessar outro. Os meios costumam se por chat, ligação ou email.

O contrato e a corretora

Os melhores brokers para negociação de futuros são uma espécie de intermediários que celebraram o contrato, é relevante tem um certo conhecimento acerca de como o contrato é realizado. Normalmente deve-se consta em um contrato de futuros as seguintes informações: Nome de tela de negociação para o futuro da negociação de ativos/símbolo do contrato com tamanho mínimo de contrato de unidades mínimas para negociação e múltiplos de unidades de troca de moeda pelas quais o ativo é trocado data do preço de fechamento da negociação com flutuação mínima do vencimento do preço existente em série de contratos dias úteis, o balanço de futuros de petróleo bruto será usado para demonstrar a interpretação das especificações do contrato.

Logicamente cada negociação terá seus próprios elementos, de acordo com as características do ativo e o interesse de ambas as partes. De fato, os contratos futuros são contratos padronizados (para prazos e formas de compra e venda), um fator que os torna particularmente adequados para negociação de remuneração.

Acessibilidade: Plataformas de negociação Online

Com o avanço da tecnologia, se tornou absolutamente simples acessar a contratos de futuros totalmente online. Pequenos traders  e investidores mais experientes de todo o mundo utilizam plataformas online para realizar contratos de futuros. Ambas as categorias podem negociar futuros usando plataformas de negociação on-line. Além de versões para desktop, existem as versões das plataformas para IOS e Android, o que torna este mercado ainda mais acessível. Essas ferramentas permitem que você invista no futuro confortavelmente no seu PC ou smartphone e sem a ajuda de intermediários. O princípio de referência é o da negociação em Forex e Cfd.

O único intermediário será a corretora que lhe oferecerá o serviço da plataforma online. Os melhores brokers de futuros contarão com as plataforma mais inovadoras, com gráficos limpos, dados precisos e informações atualizadas em tempo real.

Diferença entre CFD e Futuros

É normal que um trader novato confunda mercados, já que existem uma grande quantidade de mercados financeiros. E quando tratamos de CFD e futuros a confusão acontece com frequência. Mas o que estes têm em comum? Podemos dizer imediatamente que ambos os instrumentos se enquadram na categoria de derivativos financeiros.  Portanto, o fato de ambos serem derivativos pode confundir a cabeça de quem está começando a mergulhar no universo das finanças. De fato, futuros e CFDs têm características muito semelhantes. A única diferença entre futuros e Contratos por diferença reside no fato de que os primeiros são negociados em mercados regulamentados e os segundos não.

As corretoras de futuros operam nos mercados mais tradicionais. O fato de os contratos futuros serem regulamentados torna esses instrumentos um indicador válido para as expectativas do mercado relacionadas ao desempenho de um subjacente específico dos mesmos futuros. O operador que compra o futuro assume uma posição longa, enquanto o operador que vende o futuro assume uma posição curta. Na maioria dos casos, os futuros não terminam com a entrega física do ativo subjacente; de ​​fato, os operadores preferem “fechar” as posições em aberto revendendo um contrato futuro adquirido anteriormente ou comprando o contrato futuro vendido anteriormente; isso economiza em custos de entrega.

A regulamentação das corretoras de futuros

O mercado de futuros é movimentado a partir das bolsas de valores. As bolsas são devidamente regulamentadas, fato que trás mais segurança para os trader que pretendem firmar este tipo de contrato. Outra diferença entre futuros e CFDs reside no fato de que os primeiros têm uma maturidade que, em vez disso, não é a regra dos CFDs. A presença de um prazo significa que os futuros não precisam rolar e, obviamente, tudo isso se traduz na ausência dos interesses relacionados. No caso dos CFDs a segurança não é o forte, já que tudo isso não acontece com os CFDs. As corretoras de futuros devem ser devidamente regulamentadas.

Um exemplo: o futuro do petróleo, um contrato derivativo vinculado à tendência dos preços do petróleo, é utilizado como indicador para preparar previsões sobre a tendência do preço do petróleo. O futuro é um contrato de derivativo negociado em mercados regulamentados, o que traz muita segurança para os traders. Quando o mercado financeiro é regulamentado deve seguir as regras do país, e passar todas as informações sobre o contrato de acordo com a legalidade. As melhores corretoras de Forex, por exemplo, devem apresentar um contrato simétrico, em que ambos os contratantes são obrigados a executar um serviço de termo.

A importância da regulamentação

A negociação de futuros em bolsas especializadas e regulamentadas dá origem a preços públicos e oficiais. O ativo subjacente de um futuro pode ser uma ação, um título, uma taxa de juros de longo prazo, uma taxa de curto prazo, uma moeda, um índice de ações ou uma mercadoria. As cotações são fixadas por meio de um tratamento ‘gritando’ (Pit) nas principais bolsas de valores mais tradicionais. A existência de órgãos de controle e regras de funcionalidade garante a solvência dos agentes do mercado.

O contrato a termo, por exemplo, prevê o contato direto e não institucionalizado dos operadores. Nas demais bolsas (abertas mais recentemente), as negociações são realizadas com o sistema telemático, por exemplo, o Fumin (mercado futuro italiano) é um mercado exclusivamente telemático. Os melhores brokers de futuros seguiram “a risca” as regras estipuladas pela regulamentação.